quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

As Doenças Neurológicas e as Pessoas

Numa tentativa de perceber o que vai pela cabeça das pessoas quando lhes falamos das "nossas" doenças - Alzheimer, Autismo, Depressão e Esquizofrenia - decidimos fazer um questionário bastante simples sobre estas mesmas doenças tanto aos alunos e professores da nossa escola como à comunidade local.
Este inquérito focava o reconhecimento básico destas perturbações e ainda também o grau de discriminação manifestada pela sociedade para com estes doentes.
Os resultados estão expostos neste blog, contudo não será de todo inoportuna a elaboração de uma breve apreciação relativamente a estes mesmos resultados.

Após o tratamento dos dados obtidos verificou-se um maior reconhecimento das doeças alzheimer e depressão, como já seria de esperar pelo carácter "popular" que apresentam nos dias de hoje. Quanto ao autismo e a esquizofrenia a quantidade de pessoas que afirmaram conhecer ao ponto de distinguir sintomas não foi tão elevada como o que esperariamos.
Relativamente à segunda parte do questionário onde se falava da discriminação dos doentes, as resposta foram variadas. Para as pessoas que afirmaram haver discriminação, justificaram essa resposta dizendo ter observado casos específicos, bem como afirmando haver auto-isolamento ou mesmo isolamento imposto pela sociedade. Para as que acham que a discriminação não revela uma grande taxa de casos, dizem saber que a sociedade dos dias de hoje tem uma mente muito mais aberta e aceita já bem este tipo de doenças.

De uma forma geral os resultados foram de acordo com o que esperavamos.

1 comentário:

  1. Assinala-se hoje o Dia Internacional do Asperger
    Trata-se de uma disfunção neurocomportamental da família do autismo, que se manifesta por dificuldades na interacção social, comunicação e, até mesmo, no comportamento.
    Em Portugal, existem cerca de 40 mil portadores da doença, ainda pouco conhecida e com poucos apoios por parte do Estado.

    ResponderEliminar